4 minutos de leitura

Com a tecnologia cada vez mais acelerada e o surgimento de startups inovadoras, as grandes empresas devem olhar para além de seus concorrentes tradicionais, a fim de proteger seu negócio e se manter como líder no mercado.

Porém, mais do que criar estratégias de defesa, é preciso impor mudanças estruturais no modelo de negócio para liderar a transformação do seu segmento.

Neste artigo, discutiremos como empresas podem se proteger neste cenário de concorrência. Continue conosco!

Transformação digital é o caminho

A transformação digital é um caminho sem volta e deve transbordar para além da área de Tecnologia, modificando a cultura da empresa e refletindo na forma como ela se relaciona com seus consumidores.

Para que isso se torne realidade, os negócios vêm considerando o desenvolvimento de produtos digitais como o grande divisor de águas para blindar a concorrência e se manter em destaque. 

Embora pareça um processo fácil, muitos obstáculos precisam ser superados para o êxito dessa empreitada. Vamos analisar os principais desafios de colocar a transformação digital em prática nas grandes empresas.

Principais obstáculos da transformação digital 

Processos obsoletos

Operações manuais, excesso de burocracias e falta de objetividade nos projetos lhe soam familiar? A mudança nos processos é um passo inevitável para ganhar a agilidade necessária para que negócios tradicionais não percam sua relevância frente à concorrência, principalmente quando se trata de se proteger frente a startups.

Um olhar crítico para o que pode ser melhorado deve ser prática recorrente, de forma que a liderança questione o por que de cada processo e entenda caminhos para torná-los mais eficientes com a ajuda da tecnologia.

Resistência dos colaboradores

O medo do desconhecido e a insegurança de perder a relevância na empresa podem fazer com que os colaboradores resistam às mudanças impostas pela transformação digital.

Isso deve ser resolvido de forma vertical, de modo que a gestão incentive as mudanças e recompense as boas iniciativas das equipes, tornando a companhia orientada para a inovação.

Timing

Muitas das grandes empresas que perdem seu posto para startups concorrentes não sofrem com esse movimento por falta de inovação, mas sim porque não reagem com a velocidade necessária.

Por lidarem com suas complexidades internas, perdem tração em relação à agilidade típica das startups, que nascem com essa característica em seu DNA.

A boa notícia é que é possível contornar esses desafios e utilizar o prestígio que as grandes empresas têm a favor de seu posicionamento no mercado. Saiba como!

Squads e metodologias ágeis para acelerar a transformação digital

A construção de squads para o desenvolvimento de produtos digitais vem como solução para as empresas que precisam proteger seu negócio das inovações de seus competidores. 

Mediante aplicação de metodologias ágeis, é possível ganhar a tração necessária para contornar os obstáculos internos e, dessa forma, evoluir com a transformação digital do negócio.

Ainda assim, é bastante desafiador construir essa cultura e criar times ágeis, considerando os desafios que foram mencionados ao longo deste texto.

Para solucionar essa questão, novos parceiros terceirizados de Tecnologia se tornam a saída mais viável para empresas que precisam proteger seus negócios e liderar inovações em seu segmento.

 

A contratação de outsourcings de TI e o uso do modelo squad as a service viabilizam o desenvolvimento de produtos digitais com qualidade, excelência e agilidade, já que times autogerenciáveis são montados de forma personalizada para atender às necessidades específicas de cada empresa.

 

Se você deseja acelerar a transformação digital na sua empresa e precisa criar times ágeis para isso, conte com a BossaBox para desenvolver produtos excelentes em tempo recorde! Conheça nossas soluções e acelere sua estratégia de inovação com os melhores times de tecnologia!

Você pode também gostar