fbpx

8 minutos de leitura

Conheça as melhores formas de expandir suas fronteiras

Com a redução das barreiras operacionais em um mundo cada vez mais digital, o número de empreendedores que aceitam o desafio de internacionalizar suas marcas é cada vez maior.

Se você acredita que chegou a hora de lançar sua ideia em novos mercados, confira nosso artigo com 8 dicas excelentes para aumentar suas chances de concluir seu projeto de expansão.

1. Estude os locais de interesse e elabore um plano realista

Se você está pensando em um plano de internacionalização, é provável que você já tenha produtos ou serviços bem estabelecidos no Brasil. E isso não é pouca coisa.

Após vencer as barreiras internas, chegou a hora de enfrentar realidades completamente diferentes. Um projeto de internacionalização demanda o estudo intenso de diversos aspectos.

Tudo começa com a seleção dos novos mercados. Essa etapa depende de critérios muito específicos, como:

– Similaridade entre os mercados de origem e destino
– Distância entre as centrais de operação
– Concorrência
– Condições locais para o fomento do empreendedorismo
– Legislação tributária
– Qualidade da mão-de-obra

Com tantos aspectos para observar, o ideal é que você invista bastante tempo preparando o escopo de seu plano de internacionalização e estabeleça metas realistas.

Afinal, além de expandir as fronteiras de seu negócio, seu objetivo é mantê-lo rentável e bem estabelecido entre os novos públicos.

2. Contrate especialistas locais

Chegou a hora de partir para novos horizontes. Você já esboçou seu plano de internacionalização, seus produtos e serviços têm demanda e estão aptos a ganhar novos consumidores, mas… por onde começar?

Você já deve ter percebido que, mesmo em mercados com condições favoráveis, expandir as fronteiras é algo que levanta uma série de dúvidas e o mínimo escorregão pode colocar seu trabalho em risco.

Um belo exemplo de paraíso do empreendedorismo é o Canadá: um país com baixo índice de corrupção, similar aos Estados Unidos e com boa infraestrutura.

Para os empreendedores que desejam começar seu projeto de internacionalização em território canadense, a Lucalex preparou uma lista explicando os motivos pelos quais essa é uma excelente escolha.

Especialistas em integração entre negócios e mercados internacionais atuam justamente na redução dos riscos do plano, com forte atuação nas características específicas que demandam mais atenção em cada local.

Toronto, no Canadá, é um dos destinos preferidos pelos empreendedores em seus projetos de internacionalização

3. Organize pilotos para mercados abrangentes

Quando você está produzindo um projeto de internacionalização, é comum que você sinta aquela vontade de abraçar o mundo e abrir diversas frentes de atuação.

Essa não é uma estratégia necessariamente equivocada, mas inspira muitos cuidados. O ideal é que você defina pilotos com boa representatividade do mercado-alvo antes de intensificar suas ações.

Para isso, selecione locais que representem a meta de público nos seguintes aspectos:

– Idioma
– Proximidade
– Hábitos de consumo
– Presença de outras multinacionais
– População com amostragem ideal para suas estatísticas

4. Invista em análise de dados e seja reativo

Ao definir um projeto piloto, é natural que você queira ter todos os dados de seu desempenho nos locais de teste. Na verdade, isso é fundamental para seu sucesso.

Realizar investimentos em análise de dados – presença de mercado, progressão, margem de lucro, produtos mais vendidos, marketing digital, entre outros – permite que você avalie a efetividade de sua abordagem aos novos mercados.

Mais do que isso, observar estatísticas dá a você a possibilidade de ser reativo: se suas ações não tiverem exatamente o efeito planejado, isso não significa que você falhou. Pelo contrário, podem ser necessários apenas alguns ajustes.

Afinal, quanto tempo você passou planejando seus produtos e serviços antes de lançá-los no Brasil? Quantas vezes você precisou aperfeiçoá-los para atender a realidade do mercado original?

Em seu projeto de internacionalização, a ideia é a mesma: lançar, analisar e reagir.

5. Determine estratégias específicas para cada localidade

Quando você iniciar seu projeto de expansão internacional, é provável que grande parte de seu foco esteja no panorama geral. Mas para que isso seja possível, você precisa – em primeiro lugar – agir em cenários especiais.

Vamos supor que você esteja se preparando para começar abordar pilotos em duas localidades: Toronto (Canadá) e Estocolmo (Suécia).

Você terá cerca de 3 milhões de consumidores em potencial na metrópole canadense, enquanto a capital sueca proporciona quase 1 milhão de eventuais clientes.

Além das próprias diferenças entre mercados da América do Norte e da Europa, você estará diante de tamanhos distintos de mercados consumidores. Sendo assim, é essencial que cada frente de negócios tenha estratégias e metas próprias.

Prepare-se para organizar planos diferentes, de acordo com a realidade de cada local do seu plano de expansão.

6. Adapte seus produtos e serviços ao novo público

Quando você tiver à disposição informações sobre a resposta do mercado às estratégias que você preparou para seus novos mercados, é possível que você se depare com a necessidade de adaptar seus produtos e serviços para cada novo público.

Não importa o quanto seus produtos e serviços sejam universais. Cada detalhe deve ser pensado de acordo com a cultura e costume de seus novos consumidores.

E não pense que isso seja algo exclusivo de empresas que estejam começando seus programas de internacionalização. Você pode precisar se adequar a novas situações em uma simples troca de endereço ou instalação em um novo bairro, por exemplo.

Foi o que aconteceu quando o McDonald’s inaugurou uma nova unidade em Istambul (Turquia), nas imediações do estádio Inönü, do clube de futebol Besiktas, que usa uniformes alvinegros.

A rede de fastfood foi pressionada pela torcida do time a mudar o padrão mundial de suas cores, vermelho e amarelo, justamente porque remetiam ao símbolo do arquirrival, o Galatasaray.

Unidade do McDonald’s nas cores do clube Besiktas

7. Fortaleça sua presença com conteúdo e parcerias

O marketing digital é uma realidade cada vez mais constante nos negócios do século XXI – das mercearias de bairro às grandes corporações.

Como seus usuários sabem que têm em seus celulares o poder de consultar informações como preços, características e vantagens de produtos e serviços de forma instantânea, você deve estar preparado para posicionar sua marca como autoridade no assunto.

Por isso, é importante destinar parte de seu foco à produção de conteúdo original em redes sociais, blogs e vlogs.

Dessa forma, quando um consumidor em potencial realizar uma pesquisa relacionada ao seu campo de atuação, você será a fonte de informação, aumentando a confiabilidade de sua marca e fortalecendo sua presença no mercado.

Em plena expansão, você deve estar atento à demanda de conteúdo original que atenda aos hábitos e preferências de seus novos públicos, fazendo adaptações ao material existente, caso seja necessário.

Além disso, uma ótima ideia para ganhar a simpatia de sua nova audiência é estabelecer parcerias com empresas e personalidades populares e respeitadas em cada localidade.

Você pode fazer isso através de publicações e campanhas colaborativas, nas contas e canais de comunicação social.

8. Prepare-se para desafios antes, durante e após sua consolidação nos novos mercados

Manter um negócio rodando em condições saudáveis de operação não é uma tarefa fácil. Cada fase do processo de consolidação tem suas próprias dificuldades, e você deve estar preparado para todas elas.

Antes de lançar unidades em novas fronteiras, você já sabe que terá que se preocupar com diferenças culturais, comerciais e legais.

Durante sua expansão, você pode esperar as respostas do mercado aos seus produtos e serviços e a eventual necessidade de realizar adaptações em suas propostas.

No entanto, boa parte da dificuldade de um projeto de expansão está em sua manutenção. O foco no sucesso não pode acabar após a fase de implantação de sua estrutura em uma nova localidade: precisa ser constante e intenso.

Conclusão

Um projeto de internacionalização requer cuidado e planejamento, mas é extremamente satisfatório e prazeroso quando concluído com sucesso.

Quando você aceita o desafio de mudar suas concepções de mercado e uma estrutura de operação estabelecida, você demonstra em todos os sentidos sua veia empreendedora e sua busca pela realização profissional.

Siga nossas dicas, entre em contato com quem realmente pode colocar você e seu negócio no caminho certo, e seu plano de expansão será um sucesso.

Bons negócios!


Esse post foi feito em parceria com Lucalex 

Você pode também gostar