fbpx

3 minutos de leitura

Criar um produto digital não é simplesmente escolher seu nome, montar um site e começar a divulgar. A experiência que o usuário tem na sua plataforma influencia diretamente na sua decisão em comprar o seu produto ou serviço. Por isso, confira os 7 princípios de UX para criar produtos digitais com mais valor!

Tamanho da copy do <body>

O tamanho da copy das suas páginas deve ser pensado para os dispositivos atuais, em que o usuário pode redimensionar o texto, alternar para o modo de leitura e até usar a configuração de acessibilidade. Por isso, defina um tamanho padrão na copy, que seja legível, mas sem sobrecarregar visualmente o site. O mais indicado é que todo texto em <body> tenha tamanho 16px, altura de 1,5 entre as linhas e espaçamento automático ou padrão. Além disso, não use mais que dois tipos de letra: use um para o cabeçalho e títulos e outro para o texto da página, usando o negrito quando quiser salientar alguma informação.

Use fontes nativas

Durante o desenvolvimento do site para o seu produto digital, é fundamental levar em consideração o tempo de carregamento da página. Afinal, se a página do seu produto demora a abrir, o usuário pode simplesmente voltar para a SERP e você perde um cliente. Por isso, use fontes nativas no website. Apesar do seu produto ter fontes personalizadas, elas aumentam em alguns segundos o tempo de carregamento da página. Isso porque as fontes precisam ser baixadas no servidor e renderizadas, deixando o usuário impaciente enquanto vê uma tela vazia. Portanto, em blocos de texto informativo, use fontes nativas, que os usuários já possuem no computador, como: Ubuntu, Helvetica Neue, Roboto, Segoe UI, Cantarell, Sans-serif, Apple-System, BlinkMacSystemFont e Oxygen-Sans.

Use vídeos

É fato que o brasileiro consome cada vez mais vídeos. Em apenas 4 anos, o consumo de vídeos na web aumentou 135%. Essa tendência não seria diferente para o seu produto digital. Insira um vídeo na sua landing page que seja explicativo sobre o produto, demonstrando mais detalhes sobre ele. Isso torna o produto mais real, dá a sensação ao usuário que existe algo palpável e que não é uma fraude. O vídeo permite educar seu lead sobre o produto e reduz suas objeções de compra. Ele também melhora a experiência do usuário na página e aumenta suas chances de conversão.

Hierarquia visual

Ao montar a página do seu produto digital, pense sempre na hierarquia visual das informações. Por exemplo, o padrão hierárquico em “Z” é ideal para páginas com muitas imagens e apenas o texto essencial para transmitir a informação. Isso porque usuário percorre o olhar pela página semelhante ao formato da letra Z. Além disso, coloque fontes maiores nas informações mais importantes, equilibre tons neutros e vibrantes e deixar “respiros” (espaços em branco) na página.

Design dos botões

Apesar de ter a intenção de vender seu produto, não exagere nos botões da página. Crie um design simples e claro, sem muitos botões dispersos. É melhor focar em alguns botões principais com uma chamada assertiva. Isso evita a poluição visual do site e melhora a usabilidade do usuário. Outro ponto a se analisar na hora de montar o design é o uso dos botões arredondados, que se tornaram tendência por serem mais fáceis de serem identificados pelo olhar. O Spotify já adota essa estratégia, mas ela deve ser usada com cuidado na sua página. Por exemplo, usar botões levemente arredondados é ideal para layouts de grade, pois as bordas tornam mais fácil distinguir os cards e atraem o olhar do usuário. Porém, eles não ficam agradáveis em opções alinhadas ou quando empilhados em uma tabela de dados, por exemplo.

Gostou das dicas de UX para produtos digitais? Então deixe seu comentário!

Você pode também gostar